A mepresa de low-code pretende tornar mais fácil a incorporação de inteligência artificial da nova geração na experiência dos clientes..

A OutSystems anunciou o lançamento de novos recursos de inteligência artificial e machine learning na sua plataforma de desenvolvimento low-code, facultando às organizações a possibilidade de tirarem partido da automação para criar portais self-service, responder a questões de texto e voz, melhorar o serviço ao cliente e muito mais.

Continuar...

Nove dicas para não perder oportunidades de investimento e apoios comunitários do Portugal 2020.

Não adie mais o arranque dos seus projetos, nem a realização dos seus investimentos, porque o Registo de Pedido de Auxílio, no âmbito do Portugal 2020, foi reativado. Conheça aqui esta e outras dicas.

Continuar...

“Olha o robot, É prò menino e prà menina, Olha o robot, Trabalha muito e gasta pouco” são as palavras de uma música dos anos 80 da Lena d’ Água e os Salada de Frutas que me vêm à memória quando vejo serem apresentados os resultados de um estudo que prevê que a automação vai substituir 1,1 milhões de trabalhadores em Portugal até 2030. O mesmo estudo prevê que a mesma automação e o crescimento económico podem levar à criação de emprego de 600 mil a 1,1 milhões, ou seja, pode ser que não haja destruição líquida de emprego mas o mais provável é que venha a haver.

Quem viu os episódios da série “Os Jetsons” onde, nos anos 60 do século passado, se mostrava como se viveria no futuro através de uma série de animação, percebe que a realidade que era apresentada na série que se passava em 2019 é muito diferente da nossa realidade do dia-a-dia, pois muita da automatização preconizada nunca se concretizou. No entanto, existem alguns pormenores que nos parecem familiares nos dias de hoje e que nunca imaginaríamos há 50 anos atrás – relembro um episódio onde um robot professora tira um relógio-televisão de um aluno que a está a visionar durante a aula.

Continuar...

Entre os fantasmas do desemprego em massa e a necessária transformação das profissões graças à evolução tecnológica, as organizações encontram-se numa fase decisiva de adaptação estratégica face à automação. No caso dos serviços financeiros, e apesar dos enormes desafios que se colocam, este momento significa uma tremenda oportunidade: a de criar mais valor combinando a automação de processos e a criatividade humana.

É desta forma que surge a Robotic Process Automation (RPA), uma forte tendência em muitos projetos deste setor, comprovada pelo facto de, segundo o estudo “CGI Client Global Insights”, de 2018, 74% dos CIO do setor financeiro defenderem como prioridade a automação de processos. Com fortes restrições em termos de compliance e baixas taxas de juro, o sistema financeiro está a apostar na recuperação das suas margens de lucro com base na melhoria dos níveis de produtividade.

Continuar...

De acordo com o último “Ponto de Situação dos Sistemas de Incentivos às Empresas do Portugal 2020”, relativo a março de 2019 (disponível aqui), as Micro, Pequenas e Médias Empresas (PME) absorveram cerca de 80% do incentivo aprovado e o Sistema de Incentivos à Qualificação e Internacionalização das PME foi responsável por cerca de 20% do incentivo total concedido às empresas.

É neste contexto que surge o Aviso 06/SI/2019 – Qualificação das PME, publicado recentemente, que visa apoiar ações de qualificação em domínios imateriais com o objetivo de promover a competitividade, flexibilidade e capacidade de resposta no mercado global das PME. São suscetíveis de apoio os projetos que concorram nos seguintes domínios: inovação organizacional e gestão; economia digital e tecnologias de informação e comunicação; criação de marcas e design; desenvolvimento e engenharia de produtos, serviços e processos; proteção de propriedade industrial, qualidade, transferência de conhecimento; distribuição e logística; eco-inovação.

Continuar...

Barra de Rodapé
© 2019 I4.0@TMAD. All Rights Reserved. Designed By JoomShaper